MUITOS ESCRAVOS, MUITOS SENHORES: ESCRAVIDÃO NORDESTINA E GAÚCHA NO SÉCULO XIX

Código: 850

R$ 40,00 Adicionar ao Carrinho
Reunindo onze estudos sobre a escravidão, com foco em três províncias do Nordeste — Pernambuco, Sergipe e Maranhão — e no Rio Grande do Sul, este livro, baseado em extensa análise de dados primários, lança luz sobre aspectos ainda pouco estudados do regime escravista, no Brasil do século XIX. Em contraste com a ênfase tradicional na escravidão da grande lavoura — propriedades extensas com muitos escravos — evidencia-se, também nessas províncias, o uso generalizado da mão de obra escrava em pequenas posses, como nas fazendas de gado do Nordeste e do Sul, e nas áreas de cultivo de algodão, o que confirma achados recentes para outras regiões do País. A análise da estrutura demográfica da população escravizada indica a possibilidade de crescimento positivo em algumas áreas e períodos, inclusive na região açucareira, uma novidade na historiografia sobre esse tema. Mostra-se também a relevância, no século XIX, do comércio interprovincial, sugerindo que o mercado interno terá assumido um papel de importância mais cedo do que o indicam alguns estudos clássicos sobre a evolução de nossa economia. A análise dos preços pagos pelos cativos revela um paralelismo surpreendente entre regiões distantes, o que aponta para a existência de algo como um “mercado” de âmbito nacional.

ISBN:

9788523011840

Ano:

2016

Edição:

1

Formato:

21,00 x 15,00 x 2,00cm

Nº Páginas:

329

Peso:

408g